Tratamentos Capilares

Calvície

A calvície é uma predisposição genética que provoca uma maior sensibilidade dos cabelos aos efeitos dos hormônios sexuais e alguns outros fatores ambientais. O resultado dessa ação hormonal e ambiental nos cabelos é um afinamento progressivo e uma dificuldade destes fios sensíveis em reiniciar sua fase de crescimento. Então, a quantidade de fios será reduzida e estes aqueles comprometidos se tornarão progressivamente mais finos e menores. O resultado final é uma densidade e um volume de cabelos cada vez menor e uma área calva cada vez maior.

 Nos homens, geralmente a calvície é caracterizada pelo aumento progressivo das entradas e da coroa até a área calva ocupar todo o couro cabeludo, exceto a região lateral e posterior cujos fios não possuem essa predisposição genética (área doadora). Apesar da doença ser mais comum nos homens, ela também acomete com frequência as mulheres. No entanto, as mulheres normalmente apresentam um padrão de comprometimento mais difuso. Esse padrão é caracterizado por um rarefação na porção superior e, algumas vezes, na região posterior do couro cabeludo.

Consulta

A consulta médica, antes de qualquer tratamento para queda de cabelo é extremamente importante, pois muitas vezes a calvície pode não ser a responsável pelo problema. Alopecia é o termo médico mais utilizado para nos referirmos às falhas de cabelo, mas ele não é sinônimo de calvície, pois diversas doenças podem cursar com esse achado e aumentar a queda. Dentre elas, podemos destacar a alopecia areata, as alopecias inflamatórias (líquen plano pilar, foliculites, alopecia fibrosante frontal, lúpus), as alopecias infecciosas (fungos, bactérias, sífilis e HIV), alopecia de tração, eflúvio telógeno, dentre outras. Portanto, a avaliação com um médico especialista é fundamental para confirmarmos o diagnóstico correto e fornecermos o tratamento adequado, o qual difere muito dependendo da doença em questão.

Medicações

O tratamento medicamentoso da calvície é muitas vezes essencial para retardar a progressão da mesma e recuperar uma parte dos cabelos comprometidos. Geralmente, os pacientes que apresentam maior benefício são aqueles com quadros iniciais da doença, nos quais os fios ainda podem ser recuperados. Outra vantagem desse tratamento é a possibilidade de combiná-lo com os procedimentos ou com o transplante capilar para otimizar os resultados do paciente. Apesar dos cabelos transplantados não sofrerem com a calvície, muitas vezes o tratamento medicamentoso pode ser um grande aliado após a cirurgia. O objetivo neste caso é manter os cabelos nativos do paciente por mais tempo, os quais contribuem para uma maior densidade na região. Antes da cirurgia, o tratamento medicamentoso, em alguns casos específicos, também pode ajudar melhorando a qualidade da área doadora e a quantidade de cabelos na área receptora. O tratamento medicamentoso também auxilía na manutenção dos resultados alcançados com os procedimentos clínicos.

Hoje, existem diversas medicações, orais ou tópicas, com um ótimo nível de evidência em relação aos resultados e segurança. No entanto, é extremamente importante a prescrição e o acompanhamento deste tratamento por um médico especialista. Portanto, nós avaliamos o paciente individualmente, para prescrever um tratamento personalizado, seguro e eficiente para cada um.

Intradermoterapia

A intradermoterapia consiste na aplicação de medicações, que ajudam no crescimento capilar e no controle da calvície, diretamente no couro cabeludo. Essas medicações, depositadas no couro cabeludo, serão disponibilizadas em altas concentrações para os fios de cabelo proporcionando um estímulo intenso. O procedimento é realizado com auxílio de um aparelho vibratório para reduzir o desconforto da aplicação e deixar o paciente o mais confortável possível. Normalmente são necessárias várias sessões para obtermos o melhor resultado. Após o procedimento, o paciente encontra-se liberado para realizar suas atividades diárias.

Microinfusão de Medicamentos na Pele (MMP)

Essa técnica combina a aplicação de medicamentos no couro cabeludo com o microagulhamento automatizado. As medicações depositadas no couro cabeludo serão disponibilizadas em altas concentrações para os fios de cabelo proporcionando um estímulo mais intenso. O microagulhamento automatizado provoca microperfurações no couro cabeludo, as quais vão estimular a liberação de fatores de crescimento que, por sua vez, estimulam o crescimento dos fios de cabelo. O procedimento é realizado pelo médico que regula a velocidade do aparelho e a penetração das microagulhas para garantir que as microperfurações sejam realizadas na intensidade e profundidade correta. Normalmente são necessárias várias sessões para obtermos o melhor resultado. Após o procedimento, o paciente apresenta um discreto eritema no couro cabeludo que costuma desaparecer no dia seguinte e é liberado para realizar suas atividades diárias com alguns cuidados no dias subsequentes.

Low-Level Light Therapy (LLLT)

O LLLT consiste na aplicação de energia luminosa que penetra no couro cabeludo e é absorvida pelas células da matriz do fio de cabelo. Essa energia estimula as células a se proliferarem e consequentemente mantém o fio em fase de crescimento por mais tempo, aumentando sua espessura e crescimento. Além disso, esse procedimento pode ser associado com a Intradermoterapia, MMP e com o transplante capilar para otimizar o resultado dos mesmos. Normalmente são necessárias várias sessões para obtermos o melhor resultado. Após o procedimento, o paciente é liberado para suas atividades diárias.

Laser Erbium

Os lasers formam microcolunas de calor na pele do couro cabeludo que estimulam a liberação de diversos fatores de crescimento. Estes fatores vão estimular as células do fio de cabelo que vão se manter em fase de crescimento por mais tempo. Uma vez que a fase de crescimento é maior, os fios crescem mais em espessura e comprimento, proporcionando uma melhora de densidade e cobertura na área calva. Normalmente são necessárias várias sessões para obtermos o melhor resultado. Após o procedimento, o paciente é liberado para suas atividades diárias.

 

Terapia Capilar

O objetivo da terapia capilar é reestruturar e recuperar a qualidade da haste do fio, além de tratar algumas condições inflamatórias do couro cabeludo. O tipo de terapia vai depender da indicação de cada paciente, mas geralmente pacientes com fios ressecados ou quimicamente danificados ou com processos inflamatórios do couro cabeludo são bastante beneficiados.